Conheça as novidades sobre o IP

Visite o site da nossa parceira

Visite o site da nossa parceira

Visite o site da nossa parceira

 
NOVO SERVIÇO
   
Conheça o serviço do Educador FísicoOrientação especializada para atividade física.
 
DICAS MÉDICAS

Hipertensão Arterial

Compreendendo a pressão arterial

Todo mundo tem e precisa da pressão arterial. Sem ela, o sangue não consegue circular pelo corpo. E sem circulação sanguínea, seus órgãos vitais não recebem oxigênio e nem nutrientes para eles funcionarem normalmente.

Quando seu coração bate, ele propulsiona o sangue através de suas artérias e cria pressão nelas, levando a um fluxo sanguíneo permanente. Se você é saudável, suas artérias são elásticas. Elas se alargam quando o coração propulsiona sangue através delas.

Seu coração bate em torno de 60 a 80 vezes por minutos sob condições normais. Sua pressão sobe nas contrações e cai quando seu coração relaxa entre os batimentos. Sua pressão pode mudar de minuto a minuto, com mudanças de postura, exercício, sono, etc.

Dois números são registrados quando se mede a pressão arterial, como 115/85. O número maior representa a sua pressão sistólica, a pressão nas suas artérias quando o seu coração bate. O número menor representa a pressão enquanto seu coração relaxa entre os batimentos (pressão diastólica).

Podem ser necessárias algumas medições ao longo do tempo antes que seu médico faça um diagnóstico definitivo de sua hipertensão. Dependendo de suas doenças associadas, de seu histórico prévio ou de sua família, o seu médico pode julgar níveis pressóricos intermediários como pré-hipertensão e adotar condutas de controle e acompanhamento.

O que causa hipertensão arterial?

A pressão arterial alta, também chamada de hipertensão arterial, não é tensão nervosa. Pessoas que têm pressão alta não precisam ser nervosas, ansiosas, tensas ou impulsivas. Na realidade, você pode ter hipertensão e não saber. A hipertensão geralmente não causa sintomas, daí porque é tida como doença silenciosa.
Cerca de 90-95% dos casos de hipertensão não têm causa conhecida, mas alguns fatores aumentam suas chances de desenvolver esta doença. Estes são chamados de fatores de risco.

O que você deve evitar para prevenir a hipertensão arterial?

• Obesidade
• Comer bastante sal
• Uso regular de álcool, principalmente em quantidades moderadas
• Sedentarismo
• Estresse emocional – este difícil de ser mensurado, uma vez que varia de pessoa para pessoa, de circunstância para circunstância.

O que não depende de você para evitar a hipertensão arterial?

• Idade – em geral, quanto mais velho maior a chance de desenvolver hipertensão, principalmente após os 35 anos. Homens tendem a desenvolver mais cedo do que as mulheres.
• Hereditariedade – se você tem parentes de primeiro grau, você tem mais chance de desenvolver
• Raça – os negros tendem a ter mais hipertensão e de forma mais severa

Você sabe quando sua pressão está alta?

Ao contrário do que você pensa, NÃO. Através de estudos, se sabe que a hipertensão geralmente não causa sintomas. Na verdade, muitas pessoas têm pressão alta por anos até descobrir. Daí porque pode ser tão perigosa.

A única maneira de você descobrir se é hipertenso é ter sua pressão arterial medida por seu médico ou outro profissional de saúde.

Complicações

• A hipertensão aumenta a chance de infarto agudo do miocárdio e principalmente derrame cerebral
• Pode causar insuficiência cardíaca
• Representa a principal causa de insuficiência renal crônica
• Pode levar à retinopatia com comprometimento visual

Mesmo em sua forma leve, a hipertensão é progressiva e perigosa se não tratada.

O que pode ser feito quando se tem hipertensão arterial?

Apesar do avanço da indústria farmacêutica e da disponibilidade de um arsenal relativamente grande de drogas para controle da hipertensão – os anti-hipertensivos, a mudança do estilo de vida – dieta e atividade física continuam sendo de suma importância para o controle da doença e prevenção de complicações.
O tratamento se baseia em:
• Dieta
• Redução de peso
• Atividade física
• Medicações

E sobre o tratamento com medicação?

Uma boa parte das pessoas necessita de medicação para ajudar a controlar a sua hipertensão arterial. As medicações normalizam a pressão arterial na maioria dos casos. Alguns pacientes necessitam testar mais de uma medicação até que o médico encontre a melhor medicação (ou medicações) para cada caso.
Saiba dados importantes sobre as suas medicações:
1. nome
2. para que você usa
3. com que freqüência
4. por quanto tempo
5. forma de uso – horário, dose
6. como armazená-las
7. se interfere com outras medicações prescritas por outros médicos
8. se é necessário evitar comidas, bebidas
9. efeitos colaterais mais importantes
10. em caso de esquecer dose, o que fazer
11. em caso de gravidez, se pode ser usado

Algumas medicações podem dar efeitos colaterais, embora na maioria das pessoas nada de significativo seja observado. As medicações anti-hipertensivas têm sido usadas há décadas com segurança e mostram se efetivas mesmo depois de anos de uso. A hipertensão é uma doença crônica sem cura. Não desanime de ter que ser tratado pelo resto da vida. Com a hipertensão bem controlada, você pode levar uma vida tranqüila, reduzindo riscos de derrame, infarto, insuficiência renal e cardíaca.

Conheça a campanha educativa da Sociedade Brasileira de Cardiologia para o Dia Nacional de Prevenção e Combate a Hipertensão Arterial:
http://prevencao.cardiol.br/campanhas/hipertensao.asp

Outras dicas:

» Seu coração e uso de Anticoagulantes

» Atividade Física - Caminhada

» Diabetes

» Dicas de alimentação para uma vida saudável

» Dislipidemia – Colesterol e Triglicérides

» O estresse e a sua saúde

» Hipertensão Arterial

» Perder peso com saúde

» Administrando seus medicamentos

» Como proceder diante do infarto ou derrame

» Tabagismo

» Uso de esteróides anabolizantes

 
 

histórico | estrutura | localização | missão | especialidade | procedimentos | convênios | dicas médicas | equipe multidisciplinar | links úteis | cursos e eventos | novidades | especiais de saúde | publicações | agenda científica | educador físico | área restrita | fale conosco

© Todos os direitos reservados ao Instituto Procardíaco, 2007. E-mail: procardiaco@institutoprocardiaco.com.br
Saiba mais sobre o Instituto Procardíaco Conheça um pouco da nossa estrutura Conheça nossa localização privilegiada Conheça a nossa missão Conheça todas as especialidades oferecidas pelo Instituto Procardíaco Conheça os exames e procedimentos oferecidos pelo Instituto Procardíaco Saibas quais os convênios aceitos Artigos científicos produzidos pela equipe interdisciplina do IP Conheça a equipe multidisciplinar do IP Alguns links úteis Conheça a oferta de cursos e eventos do Instituto Procardíaco Conheça as novidades sobre o IP Leia informações sobre a área de saúde Conheça as publicações do Instituto Procardíaco Agenda Científica Acesse a área restrita para funcionários e colaboradores Fale Conosco